Páginas

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

o dinheiro dos pobres
"As políticas de privatização da segurança social ficaram desacreditadas: é eticamente monstruoso que seja possível acumular lucros fabulosos com o dinheiro de milhões de trabalhadores humildes e abandonar estes à sua sorte quando a especulação dá errado."
Boaventura de Sousa Santos, professor catedrático, "Visão", 25 de Setembro de 2008

2 comentários:

Cesar Salgueiro disse...

As mais valias que Marks defendia , a que se chamam lucro, é o fruto do investimento de uns e do trabalho de outros , deveria ser aplicado em beneficio das partes em diversas formas, mas o lucro cega todos os conceitos, de justiça humana.Privatizar para lucrar ,e para haver lucro , tem que se tirar de um para outro,não há multiplicação ,uma das partes ficar a perder e óbviamente se sabe quem. Mas esta politica tem os dias contados, porque já atingio o indece,e está em decadencia o que vem a seguir não se sabe mas não vai ser facil

Anónimo disse...

concordo, haja mais pessoas a denunciar esta situação