Páginas

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Não esqueçam para amanhã...
É a terceira jornada nacional de protesto da DECO, depois das acções que promoveu no final da década de 1990 contra a cobrança de uma taxa de activação nas chamadas da Portugal Telecom (PT) e mais recentemente contra o pagamento de uma taxa sobre a utilização do Multibanco.

1 comentário:

José disse...

Pois, mas de uma coisa a DECO se esquece.
Boicote às gasolineiras, tudo muito bem e estou totalmente de acordo, apesar de ser uma situação pontual, pois o que não se meter amanhã mete-se ao outro dia.
O maior boicote e que toda a sociedade portuguesa (muitíssimo consumista) deveria fazer, também com o devido apoio da DECO, era ao consumo em estabelecimentos comerciais de todo o tipo. As grandes/médias superfícies são as primeiras a não refelectir nos preços por si praticados, o abaixamento dos preços dos combustíveis.
Onde está então a coerência na justeza dos valores das trocas comerciais entre os diferentes agentes económicos?
Apenas vejo que afinal uns quantos enchem mais os bolsos, ao invés uma grande maioria os vê cada vez mais vazios.
O capitalismo está falido, está vazio dos seus principais princípios. Deixou de existir clareza no mundo financeiro e comercial. As chamadas regras de mercado e da concorrência deixaram de existir.
Estarei errado?
Não sei, mas uma coisa estou certo é o que penso e sinto.