Páginas

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

só faltava esta...

A polícia inglesa considera que José Sócrates é suspeito de ter «solicitado, recebido, ou facilitado pagamentos» no âmbito do licenciamento do Freeport.
VISÃO, 2009-01-28

Falam em suborno e corrupção, será!? Todavia o caso está muito complicado para o nosso primeiro-ministro, e não sou eu que o vou culpar ou absolver. Prefiro esperar para ver o que isto vai dar.
E o melhor é esperar sentado!

4 comentários:

Xico da Batalha disse...

Neste país ninguém tem vontade de combater a corrupção. Muita coisa teria que se fazer no parlamento a nível de alterações de Leis, mas os PS e PSD, não estão interessados em mexer, porque muitos dos seus amigos e colegas partidários seriam prejudicados e muitos deles iam dentro.

Está bem à vista, não é assim!

João Silva disse...

Na semana passada colocaram alguns comentários com insultos a outros comentadores e a pessoas da vida pública. Simplesmente os eliminei.

Para evitar situações semelhantes introduzi um travão nos comentários, activando a moderação.

Face ao exposto e porque é da responsabilidade do proprietário do blogue os comentários deixados por terceiros, são eliminados os que tenham como finalidade a hostilidade, a calúnia e o insulto a pessoas.

Acabei de eliminar um enquadrado no que acabei de referir, com a agravante de ter sido colocado por alguém que não deu o nome, embora tenha deixado o IP.

Cesar Salgueiro disse...

Não gosto do “Eng. “ Socrates, quanto ao politico, não nas ondas dos jornalistas, que fazem o frete de estar ao serviço de outros interesses ,que não o de informar , a mim contabilizam alguma coisa para que eu possa concluir. O primeiro Ministro português eu admiro, é um homem de coragem, porque quis acabar com as muitas reformas de alguns políticos, e substituir por uma , e ninguém gosta ,do Paulo Portas á outra ponta do parlamento, quer alterar outras regras que alteram o estado dromedário em que ,este país sempre esteve,parece uma lagoa aonde os sapos sapinham numa agua meio suja , e não permitem um grão de areia estranha os incomode, incomoda a classe politica ,que como com os jornalistas acham que ele está a mais, incomoda os professores ,que o que menos gostam de fazer é ensinar , e se o fazem, fazem mal, porque os nossos indexes são dos mais baixos, aonde há ,professores que eu conheço , que não têm o mínimo de vocação para ensinar(muito menos que ele para governar), aonde os perdedores por incapacidade de argumentos , compram a calunia a qualquer preço, eu nunca fui atrás de manchetes , tenho convicções politicas fortes e de esquerda antes do tal 25, e digo conscientes , não gostando do homem, não sendo um politico que defende as minhas convicções , a razão destas minhas palavras, é que sei , tenho a consciência que este país ,aonde havia miséria quando o mundo era mais farto, não tem nenhum mágico, que no estado em que está o mundo, e as ideias dos homens, sem demagogia , infelizmente é um mal menor… Este se me estar a enganar, o que viesse enganava mais ainda , no país aonde a mentira sempre esteve instituída

Zéfoz disse...

Caro João Silva,
Sem querer ofender prúridos partidários, parece-me que esta questão, como tantas outras de igual cariz, não vale a pena esperar sentado, nem deitado. Isto só se vai saber quando estivermos bem instalados no "complexo funerário da Figueira" e, mesmo assim, não sei não!...