Páginas

sábado, 27 de outubro de 2007

jornalistas desportivos...
para os aficionados da "Liga Record" e do "Jogo d´A Bola"...
Passei os olhos pela crónica do jogo V. Guimarães – U. Leiria nos jornais "Record" e "A Bola", e pelo que li, os jornalistas viram jogos diferentes, no mesmo campo e à mesma hora.
Um exemplo:
-Andrezinho é considerado pela "A Bola” o melhor em campo, com 7 pontos, numa escala de 1 a 10.
O “Record”, numa escala de 1 a 5, dá-lhe apenas 2 pontos, quer isto dizer, que o jornalista deste jornal, pontuou 20 jogadores (em 28) com mais pontos que o lateral do Vitória.
Quem não viu o jogo, que é o meu caso, fica sem saber se o Andrezinho foi o melhor em campo ou o vigésimo primeiro, isto apenas em 28 jogadores pontuados, é obra.

6 comentários:

Luís Tomás disse...

Sempre pensei k lhe dessem 3 ! se calhar não viram o jogo e fizeram á toa como é costume e hoje deram 5 ao Pitbull ?!?!?!?! e 1 ao Bruno Gama com 1 golo marcado e 2 ao Edinho tb com 1 golito !?!?!?! é só rir, é Portugal (Record) no seu melhor eheheheh

Ivo Ferreira disse...

Realmente chega a ser cómica a pontuação atribuida pelo Record a alguns jogadores...a nota do Bruno Gama é surreal..quem lê os outros desportivos vê o que foi escrito na actuação deste jogador..no Record diz simplesmente: "egoista"...mas para quem joga nisto há algum tempo sabe que há os que jogam e os que recebem os pontos...
saudações

Anónimo disse...

bem smo tda gente deve saber as notas que sao atribuidas aos jogadores no final ds jogos no jornal record maior parte delas sao pagas, umas a dizer bm ds jogadores outras a dizer mal..e so para informar algmas pssoas q n saibam sobre este assunto!!!

draganitos alcacerenses disse...

eu vi o jogo e o andrezinho nem foi assim tão bom nem tão mau....foi igual aos outros, agora fazer atribuição de notas é fácil´, conforme os empresários assim são as notas é Portugal e os jornais de Lisboa ao nével do Pais qu temos, basta ver que são os mais vendidos esses dois pasquins..

João Silva disse...

Tudo bem! Só não entendo o porquê dos jornais de "Lisboa". Porquê Lisboa?! Porque não: "os jornais ao nível do País que temos".
Sou Figueirense, nada tenho contra Lisboa, nem contra qualquer outra cidade ou lugarejo do país. O problema são as pessoas e não os lugares. Más e boas pessoas há em qualquer lado.

Luís Tomás disse...

Mai nada e quem fala assim não é gaagoooo