Páginas

quinta-feira, 28 de junho de 2007

o artista ZÉ LEONARDO

Aos anos que conheço o Zé, para os amigos Baía, mas desconhecia a sua veia de artista na construção de miniaturas de barcos.

Para quem não o conhece, aqui fica a sua biografia.

Jornal de Notícias de 27/05/2007, por Paulo Dâmaso.

10 comentários:

ZÉ LEONARDO disse...

OBRIGADO JOÃO PELA PUBLICIDADE AGORA É QUE VÃO CHOVER ENCOMENDAS.

Luís Tomás disse...

Já cá estou João e é mesmo artista ! E lembrei-me de uma coisa k andei á procura á uns anos, será k também faz barcos dentro de garrafas ? é k tenho um grande amigo meu k já foi pescador e agora tem um barco de passeios e pesca desportiva, era um presente k eu adorava oferecer-lhe !

João Silva disse...

Ora aí está a primeira encomenda.

ZE LEONARDO disse...

LAMENTO MAS BARCOS DENTRO DE GARRAFAS NÃO SEI FAZER.
DENTRO DE GARRAFAS SÓ SE FOR UM VERDINHO FRESQUINHO.
OS MEUS AGRADECIMENTOS PELA CONSULTA.

Paulo Dâmaso disse...

Olá João, fiquei contente ao ver aqui o meu trabalho "publicidato".

Nem imagina as horas que andei atrás do "artista" para o convencer a dar-me aquela que foi a sua primeira entrevista.

Foi um problema por causa do "cachet". ah ah ah - tou a brincar. A diferença era de 10 mil euros. eh eh eh


O que vale é que depois da entrevista já "malhámos" uns valentes verdinhos fresquinhos.

Um abraço,

Paulo Dâmaso disse...

**Publicitado

João Silva disse...

Acredito Paulo! Para convencer esse artista, só mesmo com uns "VERDINHOS".

luís tomás disse...

João para a próxima k fôr á Figueira a ver se me levas aos ditos verdinhos frescos já estou a ficar com água na boca, falaste neles ao telefone e agora tanta propaganda deve de ser mesmo BOM!!!
Pois é pena dos barcos nas ditas garrafas e não há por aí ninguém conhecido k os faça ?

Rogerio Neves disse...

E o artista não disse quem forneceu a tinta?
R Neves

Rogerio Neves disse...

Estava a brincar. Por acaso conheço esta faceta do Baía há uma data de anos. Sei que tem feito as miniaturas de quase todas ou todas as traineiras da nossa frota pesqueira e o curioso da questão é que nunca as vi.
Zé vamos lá a expor os trabalhos
Rogério Neves